sábado, 22 de agosto de 2009

Injeção de ânimo.

Gzuis, às vezes a vontade de desistir do vestibular é tão grande, tããão grande! Preciso urgente de uma injeção de ânimo, força de vontade, coragem. Não sei se eu aguento muito mais, talvez eu esteja chegando perigosamente no meu limite, e francamente, talvez eu já o tenha ultrapassado.
Queria meus tempos de vagabundice - no bom sentido - de volta!

Me senti um lixo essa semana. Acordava sem saco pro colégio, quando chegava lá melhorava um pouco, quando voltava pra casa a única vontade era de ficar no computador e ir dormir. Faltar todos os dias ao cursinho era um pensamento constante.

Queria ser uma rockstar OE Ter todos os dias diferentes *-*

Enfim, a única coisa diferente foi um sonho que tive. Em geral eu sonho com o Tuomas, mas essa semana - tá sonhei com ele mermo e daífodacq - eu sonhei com a Tarja *-* Eu tava num restaurante esperando por alguém, e do nada eu começava a chorar. Eu abaixava a cabeça e encostava na mesa, daí, alguém tocava no meu ombro e quando eu erguia a cabeça, lá estava ela! Sabe-se lá porque, ela sentava na mesa comigo e nós jantávamos juntas. Eu acordei quando a gente tava pra sair do restaurante, rs.



Ai ai, sentir saudades nem é legal :S

domingo, 16 de agosto de 2009

My loveletter to nobody.

Eu não sei dizer como começou. Talvez tenha sido desde a primeira vez que meus olhos por acaso ou por indicação te viram. Talvez tenha sido gradativo e tão sutil que eu não consegui me dar conta, e antes que eu pudesse perceber aquilo estava lá.
E agora, por mais que eu tente me livrar, não consigo. Eu não corro mais na direção oposta a que você corre, eu corro na mesma. E quero ficar lado a lado com você. Por quanto tempo for necessário, por quanto tempo for possível.
Eu não tenho nenhuma outra certeza tão fundada quanto a de que eu não vou te esquecer. Talvez, com o passar do tempo eu não consiga lembrar da primeira coisa que você me disse, mas de alguma forma, tudo vai ficar para sempre comigo, e eu o agradeço do mais fundo do coração por ter feito com que eu me sentisse tão feliz.
Eu sinto muito não conseguir ser mais direta, confessar tudo verbalmente. Mas simplesmente não é possível. Eu não conseguiria.
Talvez você já suspeitasse. Mas isso é a confirmação.
Eu vivia mais plenamente antes. Eu me sentia mais viva, mais completa quando você estava por perto.
Desculpe por não conseguir manter as coisas como amizade. Mas, meu amor, eu prometo, você nunca vai ter uma amiga mais confiável, se for assim que as coisas acabem sendo. Como antes eu vou ouvir tudo o que você tiver a me dizer, seja sobre quem ou o quê for. Vou ouvir seus desabafos e as suas declarações. Vou estar do seu lado quando você quiser chorar, vou estar do seu lado quando você quiser sorrir.
Eu só começei a ser eu mesma depois que você entrou na minha vida. E eu nunca vou amar ninguém da forma como amo você. Não será por falta de vontade, talvez, mas porque vai ser impossível. Nenhum outro é igual a você, e eu sinceramente não quero mais ninguém.
Eu espero que você tenha pensado e lembrado de mim um milésimo do que eu pensei e lembrei de você.
Obrigada pela ansiedade e o frio na barriga de não saber se te veria, e a inundação de alívio e alegria quando o via.
Obrigada pelos abraços. Obrigada pelos carinhos. Obrigada pelas palavras de consolo.
Obrigada pelos elogios. Obrigada pelos 'eu te amo'. Obrigada pelos 'eu sinto sua falta'.
Obrigada por ter feito com que eu ganhasse meu dia com um gesto.
Obrigada por ter entrado na minha vida, a marcar tanto.
Eu não quero que você me deixe em nenhum outro sentido.
Eu vou ser sua melhor amiga, se você assim quiser; mas não esqueça, por favor, das palavras de alguém que acredita te amar verdadeira, atemporal e incondicionalmente.

Notei que sou (...)

(...) retardada, e sabe Deus o que mais. JURO! Hoje eu parei pra relembrar de todas as bostas, cagadas e merdas que eu já fiz. E o que me abismou: foram várias, centenas, dezenas, milhares. Como alguém pode ser mais imbecil que eu é algo realmente notável ;-) Eu fui estúpida, preguiçosa, medrosa, fofoqueira, falsa, inocente, burra, ignorante, infantil, besta e lenta. Trapaciei e fui deixada para trás. Deixei oportunidade ótimas passarem por mim e ainda acenei feito uma pateta. Caguei e andei pra assuntos importantes. E ainda sou mal educada e boca suja - e não, não é culpa de mainha e painho, dica.
Acho melhor não dizer que vou mudar porque, de fato, não sei se vou conseguir, por mais que eu tente. Entrego-me a minha natureza imbecil e selvagem (q). Eu desisto de travar uma batalha comigo mesma. Aham, eu sou fraca mesmo. E covarde, por nem tentar.
Eu espero que (algumas) pessoas continuem indo com a minha cara e me achando legal, mesmo eu não sento tããõ legal assim - eu tento, HAHA ;-B






Sou mongol (y)

domingo, 9 de agosto de 2009

The rest is silence.

Como é que eu me permito fazer certas coisas com uma pessoa tão próxima a mim e não me dar conta? Não ter nem sequer idéia de como essa pessoa se sente? Como essa pessoa não me diz nada? Eu sempre achei que fosse óbvio o quanto eu preciso de ajuda algumas vezes para perceber a realidade que me rodeia. Eu vivo na minha bolha e não consigo sair dela sozinha.
Como eu consigo ser ignorante, meu Deus. Como eu consigo ser cega. Como eu sou egoísta.
Eu peço desculpas se alguma vez deixei algo a desejar. Se deixei algo faltar. Se fui cega demais para perguntar ''Você tá bem?''. Se deixo alguém a vigiar as moscas que não estão lá. Sinto muito.
Eu não sou uma boa pessoa ou uma boa amiga sempre. Mas eu tento, juro que tento. E a única forma de me reparar é quando percebo o meu erro. O que acontece é que eu quase sempre percebo tudo tarde demais. É que eu sou estúpida demais.

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

SIFODER

Pedirei, assim, delicada e gentilmente que alguém faça isso por mim. Porque eu realmente acho que as pessoas querem que eu sifoda sempre ;-D

Novidades !


Como se eu realmente tivesse muitas para contar/ comentar!
Mais uma vez me surpreendi com alguém ao meu redor. Mas já era de esperar que eu quebrasse a cara mais uma vez, o problema é que eu preciso levar dois socos de quebrar os dentes para poder ''me tocar'' de tomar logo as decisões corretas. E permanecer com essas decisões até o final.
Me peguei de surpresa tomando uma iniciativa que eu prometi a mim mesma que não tomaria, por não saber como eu me sentiria depois. A surpresa ainda não está completa. Falta a parte crucial desse final de semana. Deus queira que eu não me acovarde! Deus queira que sentimentos não me atrapalhem, não voltem. Que o que eu quero aconteça, e que alguém deixe as infantilidades de lado... e que seja por mim (peço demais mesmo JHAOJSGH)
2009 não vem sendo um ano maravilha. Quero que isso mude, mas não sei como... Não parece que isso depende só de mim. Alguém sempre acaba com o meu dia feliz de alguma forma: seja falando coisas ruins, seja jogando stress em mim, seja me culpando por coisas que eu não tomei parte, seja com decepções, seja com coisas ridículas, seja com segredos e ações idiotas.
Argh!, o que eu mais quero é fugir, entrar na terra, subir bem alto no céu, tanto faz!, qualquer lugar que eu possa ficar realmente em paz, sem preocupações, obrigações, dores, remorsos.
Ver as pessoas se afastarem de mim também tem sido difícil. Não sei o quê fazer. Correr atrás delas, talvez? Não. Eu sempre faço isso. Vou deixar que elas voltem pra mim, que me dêem notícias, que me digam o quê andam fazendo. Vou sempre estar do lado delas, anyway.
Celular novo *o* Foi a única coisa de destaque... Ninguém nesse mundo deve sentir tanta falta de ouvir música quanto eu ;-P Erm, só pra tomar nota, depois de ANOS, vi um arco-íris hoje, quando estava indo pra escola. Essa besteirinha fez o meu dia ser tão alegrinho (y)
Quero que o vestibular chegue logo, porque esse é o único jeito de fazer com que todo mundo tenha tempo de novo, pelo menos até começar a faculdade. Todos os dias tento por na cabeça de que se eu não passar esse ano, não vai ser o fim do mundo... eu tento novamente e passo! Afinal, eu não tenho 30 anos e /paray
Saí pro cinema com o Hide. Tinha esquecido o quão fofinho e inteligente ele é *o* E fiz uma coisa que eu nunca me atrevi a fazer, mas deixa pra lá... Segredo meu e das meninas FDAGYGAYSJ
Mas de verdade, o mundo devia ser povoado de garotos como ele. Espero poder vê-lo novamente da próxima vez que ele vier para Natal.
Credo, ando percebendo o quanto eu ando depressiva algumas vezes. Anormalmente depressiva, mas enfim, deve ser todas as coisas acumulativas da vida.
Amanhã, aniversário de painho *-* Domingo, estréia da temporada nova de The Tudors (obrigada SKY, por ficar por mais dois meses. Serão os melhores da minha vida -Q), segunda reunião com as meninas e fotos, terça - dia do estudante - estaremos exercendo firmes e fortes as nossas profissões (que venha o vestibular e) (;
''Chora me liga, implora meu beijo de novo, me pede socorro, quem sabe eu vou te salvar!
Chora me liga, implora pelo meu amor, pede por favor, quem sabe um dia eu volte a te procurar!'' -> Obrigada dona Calline por não deixar essa música sair da minha cabeça.
Enfim, parto, ouvindo Dust in the Wind e querendo chorar (ns), como essa música de custume faz (y)
Bom FDS e semana! \o/
Ocorreu um erro neste gadget